Durante a Press Conference sediada em Tóquio ontem (28), Tsunekazu Ishihara – Presidente e CEO da The Pokémon Company – apresentou vislumbres de como a marca Pokémon continuará a expandir seu alcance ao introduzir novos jogos mobile, apps e projeções para 2019 e 2020. A apresentação, que você pode conferir no final desta publicação, contou com de cerca de 30 minutos e foi transmitida ao vivo no canal oficial da Pokémon na Twitch com tradução simultânea para inglês e chinês.

Dentre as novidades, o evento abriu com a oficialização de um novo Pokémon Center em Shibuya, a revelação de uma sequência para o jogo Detective Pikachu (3DS) para o Nintendo Switch, uma nova parceria com a NetEase para levar Pokémon Quest (Switch/Smartphones) para a China, o novo aplicativo Mobile Pokémon Sleep, o sucessor espiritual do PokéBank, Pokémon Home e o novo jogo mobile Pokémon Masters.

Pokémon Sleep

De acordo com o Press Release oficial, Pokémon Sleep será um aplicativo que pretende tornar o ato de dormir em entretenimento, fazendo com que o tempo dormido do jogador e o horário que ele acorde tenham efeitos de gameplay. Grandes detalhes do aplicativo ainda não foram divulgadas e devem ser revelados até o final do ano.

Além do próprio aplicativo, o novo periférico Pokémon GO Plus + será lançado junto do aplicativo e, além de rastrear as informações para o Pokémon Sleep do usuário, também terá funcionalidade com o Pokémon GO, assim como o Pokémon GO Plus original; Desta forma, jogadores podem capturar Pokémon durante o dia em Pokémon GO e à noite usando com o Pokémon Sleep. O aplicativo tem janela de lançamento para 2020.

Pokémon HOME

Como um substituto para o Pokémon Bank, a TPCi anunciou oficialmente o Pokémon HOME, serviço online na nuvem que permitirá o armazenamento e troca de monstrinhos dos jogos do Nintendo 3DS (via Pokémon Bank), Nintendo Switch e Smartphones. Apesar da confirmação da conectividade com Pokémon GO, Let’s Go, Pikachu!/Eevee! e os jogos de gerações passadas, a apresentação deixou implícito que, uma vez enviados para o Pokémon HOME, os monstrinhos só podem ser enviados para Pokémon Sword & Shield, tal qual o Pokémon Bank e o PokéTransporter fizeram até então com os jogos da sexta e sétima gerações. Vale ressaltar que com a possibilidade de fazer trocas pelo HOME, será possível fazer trocas também através do Smartphone.

Uma versão do aplicativo para o Nintendo 3DS não foi anunciada, o que levanta a possibilidade do app ser interligado ao banco de dados do próprio PokéBank. Pokémon HOME tem expectativa de lançamento para o começo de 2020 para Android, iOS e Nintendo Switch e ainda não possui informações de taxas anuais divulgadas.

Pokémon Masters

O projeto envolvendo a parceria com a DeNA divulgada recentemente se trata de um novo jogo para Android e iOSPokémon Masters – com lançamento previsto ainda para 2019. Sendo uma ideia do diretor de arte dos jogos principais, Ken Sugimori, jogadores poderão experienciar uma nova forma de batalhas Pokémon portáteis e contará com diversos Treinadores Pokémon famosos da longa história da franquia principal – alguns com novos designs como o Red, outros com designs antigos como o Brock de HeartGold & SoulSilver. O jogo é otimizado para smartphones para uma experiência casual, porém singular. Screenshots revelam personagens conhecidos como Blue apresentando o jogo ao usuário, Brock, Misty, entre outros. Além da artwork criada pelo próprio Ken Sugimori, novas informações sobre Pokémon Masters serão divulgadas em Junho.

Detetive Pikachu

O sucesso de “POKÉMON: Detetive Pikachu” nos cinemas criou a oportunidade da sequência do jogo homônimo, com desenvolvimento pela Creatures Inc.. O jogo foi divulgado como um plano de desenvolvimento – e, portanto, o jogo não possui janela de lançamento -, mas já é tratado como a conclusão do arco da Série Detetive Pikachu, uma vez que o jogo original deixe o final em aberto para uma continuação.

Detective Pikachu, lançado para o Nintendo 3DS em 2018, conta a história de Tim Goodman em busca de seu pai Harry, desvendando mistérios em Ryme City contando com a ajuda do divertido Pikachu Detetive.

NetEase

Pokémon Quest será levado à China com o apoio da desenvolvedora NetEase. O jogo será o primeiro aplicativo móvel da franquia a ser lançado no país e contará com featuers PvP e sociais, não confirmadas para o ocidente. Anunciado oficialmente em maio para o mercado chinês, Pokémon Quest já possui mais de 1,7 milhões de pré-registros aguardando o lançamento. Segundo o divulgado, a parceria com a NetEase continuará a levar novos aplicativos para a potência asiática no futuro.

Pokémon Shirts

Lançada oficialmente no Japão anteriormente nesse ano, o serviço de personalização de camisas sociais Pokémon Shirts, até então exclusivo para o Japão, foi confirmado para os EUA e para a Europa, ainda sem uma data definida. A linha é destinada a adultos e pode contar com até 6 Pokémon diferentes na estampa à escolha do cliente (dentre os 151 Pokémon iniciais), tal qual uma equipe nos jogos. No Japão, a produção é cuidada pela Original Stitch e a confecção da camisa pode demorar até 2 meses dependendo da combinação de tecidos e estampas.

Assista Conferência na íntegra (em Inglês)